Pastoral Universitária UCDB Rotating Header Image

setembro 26th, 2011:

Jesus nos ensina a ser tolerantes e humildes

O evangelho de hoje, de Lucas 9,46-50, nos faz lembrar quais as condições para vivermos uma verdadeira fraternidade.

A primeira condição é a humildade: não precisamos ficar discutindo entre nós para saber quem é mais importante. Isso já acontecia entre os discípulos.

Parece que isto é algo que está dentro de nós. No entanto, Deus colocou dentro de nós o desejo de ser grandes para que encontremos a verdadeira grandeza.

Jesus nos ensina, hoje, como buscá-la: “quem entre vós for o menor, este será o maior!”. Assim, ele aprova o nosso desejo, mas diz onde se pode encontrar a verdadeira grandeza: lá onde nós trabalhamos, nós precisamos nos tornar os maiores servidores de Deus e dos irmãos.

O serviço passa também pela acolhida dos pequenos. Ele deu o exemplo quando lavou os pés dos discípulos na última ceia e se humilhou até a morte. Foi assim que  Deus o exaltou sobre qualquer nome que possa existir sobre o mundo.

Se a nossa ideia de grandeza tiver como modelo essa imagem de Jesus, a nossa fraternidade se tornará autêntica e Deus estará presente entre nós na sua humildade e grandeza.

A verdadeira fraternidade passa também pela tolerância: “Mestre, vimos alguém que expulsava demônios em teu nome e o impedimos porque ele não está conosco”. Mas Jesus diz para não impedir quem faz o bem em seu nome. Quem age em seu nome terá o bem feito santificado por Deus.

Não queiramos que os outros sejam iguais a nós, mas façamos de tudo para que os nossos atos sejam o máximo parecidos com os de Deus.

O cristão deve se preocupar, sim, é se o próprio bem que faz está de acordo com a vontade de Deus ou não.

Peçamos a Deus, hoje, o dom da humildade e da tolerância.

 

Jesus e as crianças

Lucas 9,46-50

Naqueles tempo, 9 46 veio-lhes então o pensamento de qual deles seria o maior.
47 Penetrando Jesus nos pensamentos de seus corações, tomou um menino, colocou-o junto de si e disse-lhes:
48 “Todo o que recebe este menino em meu nome, a mim é que recebe; e quem recebe a mim, recebe aquele que me enviou; pois quem dentre vós for o menor, esse será grande”.
49 João tomou a palavra e disse: “Mestre, vimos um homem que expelia demônios em teu nome, e nós lho proibimos, porque não é dos nossos”.
50 Mas Jesus lhe disse: “Não lho proibais; porque, o que não é contra vós, é a vosso favor”. Palavra da Salvação.

 


Hit Counter provided by orange county plumbing